Facebook YouTube Contato

Mar em São Paulo

Na semana passada a Prefeitura de São Paulo anunciou o MAR no planalto paulista. Calma. O acrónimo significa Museu de Arte de Rua, programa que vai patrocinar grafites e murais na cidade de São Paulo, definido com a participação de uma comissão formada por artistas.

Ficou determinado que as obras não poderão ter cunho político, religioso ou discriminatório.

Na Zona Leste, o muro de uma escola exibe o desenho de uma índia como uma Eva no Paraíso, assinado pelas estudantes e artistas Caroliny Sampaio e Aldley da Silva, e com a mensagem “Antigamente o Itaim Paulista era assim…”.

Na Praça Oswaldo Cruz, a empena-cega de um prédio mostra o retrato de um velho com texturas coloridas. A assinatura é do Kobra, tido como o Romero Brito do grafite. Ontem perguntei a opinião de quem entrava na Paulista Aberta. Todos acharam bonito. Uma menina definiu como o maior arquiteto brasileiro. Um casal disse que era um comunista safado.

Ambas reúnem elementos para serem apagadas. Mas espero que permaneçam.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments