Facebook YouTube Contato

Turma de 2018

Incrível

Eliane Cantanhede cravou no Estadão que a candidatura de Luciano Huck a presidente da República é pra valer. Garante que o apresentador estará nas fileiras do PPS até o dia 15 de dezembro, respeitando o prazo estipulado pela TV Globo.

Se engana quem acredita que a candidatura empolga as organizações Globo. Um amigo bem-informado chegou a comentar que a família Marinho adoraria ter um dos seus no Palácio do Planalto. Incrível.

Para mim é óbvio que, muito antes da inauguração de Brasília, todo assunto relevante no Brasil passa pelo Jardim Botânico ou, em casos mais graves, pelo Cosme Velho antes de ser decidido. Cidade de Deus e Jabaquara idem. Sempre foi assim, é igual no mundo inteiro e quem ousa fazer diferente chama-se Donald Trump.

Quer dizer, Globo, Bradesco, Itaú e mais meia dúzia de gigantes, amiúde e obviamente são consultados pelos governos e fazem por merecer o bônus. Então por que qualquer um deles se arriscaria a assumir o ônus de estar diretamente associado a um governo que, igual a todo governo, tem pelo menos 50% de chance de dar errado?

Bolson’água

Meu receio era que ele estivesse se preparando. Só que não. Ufa.

O deputado Jair Bolsonaro foi ao Canal Livre na madrugada do 20 de novembro. Cinco dos melhores jornalistas da TV Bandeirantes estavam à mesa. Atípica mas compreensivelmente aflitos, todos perguntavam juntos. É compreensível porque qualquer pessoa de bom senso duvida, por exemplo, que alguém possa defender a tortura – e se apressa para tirar a dúvida.

Para espanto geral, o deputado repetiu e insistiu que, sim, o Estado deve usar de “energia” para tirar de um suposto sequestrador a posição de um cativeiro.

O capitão do Exército e parlamentar foi condenado pelas ofensas a uma colega que, segundo ele, não merece ser estuprada.

Tanto quanto sequestro, estupro é crime hediondo. Pela lógica, evitar um estupro também mereceria “energia”. Fiquei imaginando o deputado pendurado num pau-de-arara até dizer quem merece ser estuprado.

O fofo ainda prometeu que, sob a sua Presidência, “o homem do campo” terá direito à posse de fuzil calibre .762. A posse desta ou outra arma de uso restrito por um civil também é crime hediondo no Brasil.

Estratégia

Anotei aqui que faltou estratégia ao marketing eleitoral do prefeito João Doria.

Dias depois ele anunciou que diminuiria as viagens da pré-campanha. Não chega a ser uma farinata completa, mas também não é comida de verdade. De lá pra cá foi ao Rio, Manaus e Sorocaba. E escondeu das redes sociais.

Ajustar algo que começou errado é sempre mais difícil do que fazer certo desde o princípio. Com tanto tempo acumulado longe da cidade, afirmando ser possível governar pelo WhatsApp e que as pernadas interessavam aos paulistanos, parar de viajar ou esconder quando viaja implica falsidade. Das duas, uma: o prefeito reconhece que negligenciou a cidade ou assume que das viagens pouco ou nada traziam de bom para São Paulo e portanto não fazem falta.

Passados 25% do tempo de mandato o prefeito começa 2018 sem mais poder culpar a gestão anterior, e senhor absoluto do próximo orçamento, deverá enfrentar o problema da tarifa de ônibus, as águas de janeiro, fevereiro e março, tambores de carnaval, estresse eleitoral no PSDB (diretório nacional e prévias estaduais) e desconfiança generalizada: dos políticos, pelo fato de ter avançado contra o próprio padrinho; do mercado, do qual espera boa vontade nas desestatizações, por não respeitar ritos e pactos sociais, como o Plano Diretor; da sociedade, pela percepção da ausência do dia-a-dia da administração.

Vice norte e sul

Dizem que, às vezes, quem está fora enxerga melhor do que quem está dentro. Que enxerga diferente, não há dúvida. E mesmo assim coincidências acontecem.

Desde Lisboa um amigo arrisca que a chapa Lula–Manuela D’Ávila é fortíssima. Ele senhor do Nordeste e pai dos pobres. Ela gaúcha, loira, jovem e bonita, parece simpática à elite branca. Difícil discordar.

Se se confirmar, Geraldo Alckmin vai precisar de Ivete Sangalo na vice. Baiana, sacudida, mãe de gêmeos, não poderia ser acusada de showmício e ainda é ex do Luciano Huck.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments