Facebook YouTube Contato

ACR preso

Antonio Carlos Rodrigues se entregou à Polícia Federal. Ex-ministro dos Transportes no governo Dilma, ele era considerado foragido da Justiça desde o dia 22 de novembro, quando teve prisão preventiva decretada pela operação Caixa-d’água, que investiga a ligação entre a JBS e as campanhas de Rosinha e Anthony Garotinho pelo Partido da República (!), presidido por ACR.

Além de ex-ministro, ex-fugitivo e presidente do PR, ACR é suplente de senador por São Paulo e considerado dono da casa na Câmara Municipal de São Paulo. Em conversa recente com este cronista, uma vereadora revelou que, desde o pedido de prisão, nada acontece no número 100 do Viaduto Jacareí. A maioria dos nobres edis estão feito cão sem dono, literalmente.

A defesa do preso já entrou com pedido de habeas-corpus no Tribunal Superior Eleitoral e espera uma decisão favorável ainda hoje. Pela regra, ser considerado fugitivo elimina qualquer chance de obter HC. Mas com o TSE que nós temos, este que absolveu a chapa Presidenta-Presidento, tudo pode acontecer.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments