Facebook YouTube Contato

Minha sina

Passar 2018 repetindo o que disse em 2017. Será minha sina? Me autoriza a tirar este restinho de ano para folgar? Acho que não.

Em março de 2017 escrevi que a agenda Temer era inviável. Meter a PEC do Teto antes da reforma da Previdência – noves fora o mérito das medidas – acionaria uma bomba relógio política e fiscal. Não deu outra.

+ Temer sem condições

Ontem fomos dormir sabendo que o governo quer mexer na Constituição para se livrar de crime de responsabilidade. Quer licença para pedalar despesas correntes. Exatamente, quer uma chave para o cadeado que prende a bicicleta e quer usa-lo quando bem entender, na União e nos estados. O cadeado tem nome: Regra de Ouro.

Curiosidade 1: Michel Temer é Presidento porque Dilma Rousseff, a Presidenta, caiu por crime de responsabilidade.

Curiosidade 2: Manter Temer no Planalto custou caro. R$ 32 bilhões, o equivalente a 1/5 do deficit fiscal previsto para 2018.

Curiosidade 3: O chamado “mercado”, que em nome da austeridade teve expoentes relativizando a corrupção, amanheceu tranquilo e foi dormir com alta de 0,37% na iBovespa.

Boa noite.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments