Facebook YouTube Contato

Trump’s diet

Ainda não li Fire and fury, o tão falado livro sobre os bastidores da Casa Branca sob Donald Trump. Já tenho uma cópia que chegou pelo Whatsapp. Mas não estou pronto para ler 300 páginas em .ppt.

As resenhas contam que o distinto pede McDonald’s por medo de envenenamento, o que me parece um paradoxo. Se do ponto de vista nutricional comer junk-food é envenenamento a longo prazo, demonstrando incoerência, por outro lado a dieta combina com sua política econômica, completamente alheia ao amanhã.

O mercado financeiro brinda às medidas trumpistas com recorde histórico de alta, o que pode ser lido como o que, se não me engano, o Rubem Braga, chamou de “o champanhe da indiferença”.

Antes de prosseguir, acho importante estabelecer a diferença entre financeiro e econômico. O primeiro só fala de dinheiro. O segundo, mais abrangente, envolve aspectos sócio-políticos. Traduzindo para termos de dieta, você pode emagrecer rapidamente com anfetaminas e outros métodos milagrosos, mas vai acabar com a sua saúde e, não demora, o pendulo volta furioso, piorando o quadro da obesidade. Sofri isso na pele, literalmente.

Ignorar problemas ambientais, acreditar numa reforma tributária que agrava a concentração de renda, brincar com a política internacional como quem vai a uma rinha de galo, tudo com o imediatismo de um tuíte. Até as iguanas de Mar-a-lago sabem que vai custar caro. Muito.

É a economia na base da porcaria. Exatamente como almoçar no McDonald’s. Se é por necessidade ou falta de opção, compreende-se. Mas sabendo das possibilidades que a cozinha da Casa Branca dispõe, é inacreditável. Mesmo em caso de paranoia.

Outros exemplos são usar fita dupla-face para prender a gravata ou disfarçar a careca com uma peruca. Não demora o vento bate. Trump acha que a fortuna compensa. Wall Street também.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>