Facebook YouTube Contato

A gravidez psicológica de Luciano Huck

Luciano Huck insistiu que desistiu de ser presidente da República este ano. E comparou o ato à interrupção de uma gestação (Mônica Bergamo-FSP).

Me lembrei na Una, minha amiga Scottish-Terrier, que igual a tantas cachorrinhas, um dia foi acometida por gravidez psicológica.

Curiosamente quem o fez abortar não foram os familiares e amigos, obviamente preocupados com as consequências do delírio.

O feto imaginário saiu a fórceps operado pelo patrão, a TV Globo. Como escrevi aqui, os Marinho, mais do que não apoiarem a ideia, desgostavam dela.

O que tem de mais interessante nisso é ver como a roda gira. Luciano tinha uma ideia, ou um sonho (mal) planejado, escorado em um movimento chamado Renova BR, que seria sua matilha legislativa para apoiar as reformas que vislumbrou (emoji gargalhada).

A ideia era adestrar 150 candidatos a deputado e garantir ração, banho e tosa suficientes para enfrentar a campanha. No meio do caminho descobriram a lei eleitoral e abreviaram o show dos pets. Agora vão entrar com uns biscroques para quem sentar, deitar, rolar e mijar no lugar certo.

+ Passaredo 2018

Notem que entre os adestradores renovadores estão dois próceres da tutela nacional: Abilio Diniz e Eduardo Mufarej, que juntos escolheram para diretor de boas práticas da BRF um cidadão que se encontra preso por fraude em algum canil penitenciário.

E aí mora a beleza da riqueza. Com esse histórico os dois se sentem aptos a avaliar e treinar futuros membros do Parlamento. Mas evidentemente não cogitam ser avaliados por eles. Óbvio: onde já se viu passeador querer saber a opinião dos passeados? (Abilio uma vez confessou que não dava seta em seu carro porque não devia satisfação a ninguém.)

Isto posto, nos resta o gosto de ver que a sina do cachorro é correr atrás do rabo e nunca alcançar. Do mesmo jeito que o Renova BR impõe a guia aos bolsistas, exigindo por exemplo a transparência que não pratica, a TV Globo deixou claro que só ganha biscroque quem obedece.

Luciano querido, faz uns vinte anos que a gente não se vê. Mas minha simpatia por você continua igual, resguardada pela afinidade instantânea, que é o equivalente fraterno do amor à primeira vista. E nesta qualidade de amigo me permito fazer uma sugestão: para inovar em qualquer sentido, primeiro temos que trabalhar essa relação atávica do chicote e do biscroque. Quem tem disposição e coragem para enfrentar qualquer candidatura merece respeito e franqueza, sobretudo dos patrocinadores. Agora que você sentiu na pele, passa a dica para o Mufa. Um abraço

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments