Facebook YouTube Contato

Dani Furacão balança a Casa Branca

Hilda Furacão é uma das cortesãs mais conhecidas na história do Brasil. Igual a toda cortesã, era frequentada por gente poderosa. Mas até onde se sabe, o mais perto que chegou da Presidência da República foi em duas coincidências: era contemporânea e conterrânea de JK.

Faz sentido. No Brasil não temos furacões. Ou pelo menos não se nos compararmos aos que os Estados Unidos costumam enfrentar. Lá o vento é forte.

A quase xará da Hilda, Dani Furacão, hoje ameaça a Casa Branca.  A crônica é minha e a tradução também. Justifico: se no Mensalão pudemos traduzir Jane Mary Corner para Maria da Esquina, por que não agora Stormy Daniels para Dani Furacão?

O caso é que Donald Trump reconheceu pelo twitter o pagamento de US$ 130 mil para Dani parar de dizer que tinha lhe servido. Segundo Trump, algo muito comum entre ricos e famosos americanos. No pragmatismo radical que é próprio deles tem até nome jurídico (acordo de não divulgação) com – é claro – sigla própria. Em inglês, NDA (non-disclosure agrément). Em outra tradução, agora para os pobres e anônimos, Trump foi alvo de chantagem e cedeu. Situação difícil para alguém cujo dever inclui negociações com donos de bombas nucleares.

Ex-prefeito de Nova York, promotor aposentado e advogado de Trump, Rudy Giuliani foi à FOX News começar a narrativa. A preocupação central parece ser apartar o pagamento das finanças de campanha – algo que poderia render impeachment. Isto indica que com Melania, tudo azul, “os homens são assim mesmo e perdoar é divino”.

Onze especialistas em leis americanas foram ouvidos pelo site Vox. Aqui. Obrigado, Guga. Tem de tudo: do “eu não sabia” tão conhecido dos brasileiros à possibilidade de obstrução de Justiça – que por aqui dá cana imediata para quem não tem foro privilegiado, passando pelo já citado risco de encontrarem relação entre os fundos de campanha e o cala-boca. A conclusão média é mineira: provavelmente.

Aqui da periferia do mundo só me lembro do Bill Clinton. O que ele fez com o charuto e a Mônica no Salão Oval não deu problema. Mas ele quase caiu quando mentiu ao Congresso.

O que eu perguntaria aos especialistas é se o fato de mentir fora do Congresso não tem problema.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments