Facebook YouTube Contato

Falta lirismo à tristeza atual

Achei no iPod um disco da Maysa. Mais triste que um livro inteiro da Clarice Lispector. Que alegria!

Destaque para as canções da Dolores Duran e do Antonio Maria. Pela ordem inversa, Manhã de Carnaval e Noite de Paz, também conhecida como a melô do Tinoco, como carinhosamente apelidei o Stilnox.

Que maravilha é encontrar os descendentes dessa turma. Um filho da Dolores com a Maysa batizado pelo Maria. Sou devoto do Maria.

Falta lirismo à tristeza contemporânea. Resta essa depressão coletiva. (Em homenagem à turminha acima, fica um trecho do obrigatório “#Nãofuieu” do Joao Moreira Salles na última @revistapiaui)

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments