Facebook YouTube Contato

Aspectos da paralisação – Tributos

Sou fã do Eduardo Gianetti da Fonseca. Mas discordo do que ele disse à repórter Érica Fraga na Folha e ao apresentador Pedro Bial na TV Globo.

Nosso filósofo e economista querido teme uma rebelião tributária. Isto é, na linha da revolução americana, que pregava “no taxation without representation”, ele acredita que o brasileiro, por não se sentir representado, pode decidir a não pagar mais impostos.

Meu contraponto é simples e pode ser empiricamente verificado com facilidade. Basta ir ao médico e ouvir da recepcionista na hora de pagar: com nota ou sem nota? Ou pegar o metrô em São Paulo e pedir, DENTRO da estação, uma Nota Fiscal Paulista pelo café (adianto que não há, no máximo sai um recibo). Também vale olhar os produtos à venda nas lojas DENTRO das estações da CPTM: contrabando e falsificações para todos os gostos. Ou ainda ir de carro, à Paulista, estacionar e depois de pagar pedir a Nota Fiscal Paulistana. Quem conseguir concorre a um milhão de reais.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments