Facebook YouTube Contato

No mínimo um milhão por mês

Ainda é pouco, mas tá valendo. A CVM estabeleceu o 25 de junho como prazo para as companhias abertas divulgarem os salários máximo, médio e mínimo de seus executivos. Alguns bancos resistiam na justiça, mas no final de maio TRF da segunda Região derrubou a liminar que garantia a cortina indecorosa.

Ainda é pouco porque o ideal é que a lei da transparência seja aplicada para todas es instituições com grau elevado de importância na vida da sociedade – companhias abertas estão entre elas, assim como partidos políticos, sindicatos, federações, fundações, clubes, escolas, universidades, ordens, igrejas etc. Um dia chegaremos lá.

O campeão foi o ex-presidente da Vale do Rio Doce, que em 2017 embolsou R$ 58,8 milhões. A maior parte é referente à verba rescisória por desligamento. Mas de qualquer maneira a média salarial dos executivos da Vale em 2017 foi de R$ 23,8 milhões.

A Vale do Rio Doce é uma das acionistas da Samarco, responsável pelo incidente do rompimento da barragem que em 2015 destruiu o vale do Rio Doce a partir de Mariana, em Minas Gerais, matando dezenove pessoas e espalhando lama e destruição por seiscentos quilômetros de extensão.

Até agosto do ano passado só 1% dos R$ 552 milhões das multas aplicadas haviam sido pagas. Quer dizer, aproximadamente 10% do que o ex-presidente embolsou.

Parênteses: ainda na segunda-feira 25 de junho Vale, Samarco e BHP Billiton assinaram um TAC (termo de ajustamento de conduta) com o MPF e diversos outros órgão públicos estabelecendo instâncias de negociação entre as vítimas e a Fundação Renova – algo que deve ser visto como um avanço e cultivado para que possa render frutos para toda a sociedade no futuro.

Voltando à escandalosa remuneração dos executivos brasileiros, acima de um milhão por mês obviamente estão os banqueiros (Itaú R$ 40,92, Santander R$ 29,99, Bradesco R$15,90) e Ambev R$ 14,7. Tudo em milhões. Milhões.

A ironia da desigualdade assim vertiginosa é que a turma do Bradesco deve estar indignada  sabendo que ganha tão mal para fazer a mesma coisa que o pessoal do Itaú.

Enfim, hoje tem copa e daqui a pouco o Neymar estará na grama. Se o cofrinho do Murilo Ferreira te impressionou, saiba que é o equivalente a um quinto do que o cai-cai ganhou no ano passado (R$ 297 milhões). Desde Aspasia de Mileto uma pessoa não era tão bem remunerada trabalhando deitada.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments