Facebook YouTube Contato

Afinidade terrível

O diário da menina Miriam, escrito sob bombardeio na Síria, foi tema de reportagem do Fantástico pelo forte interesse que despertou em crianças brasileiras, notadamente da rede pública, das periferias. Isso se chama afinidade. Proporções guardadas, elas vivem em condições semelhantes. É comum encontrar por aqui crianças que antes de saber o beabá e a tabuada reconhecem diferentes estampidos de armas de fogo e se acostumam a ver cadáveres no caminho da escola, muitos deles conhecidos, amigos e familiares.  

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments