Facebook YouTube Contato

Passa moleque no general e no Paulo Guedes

Hamilton Mourão levou um presta atenção. De dentro do hospital, um ex-capitão ordenou que interrompesse sua marcha pelo país e voltasse para dentro da caixinha.

O general está acostumado. Dessa vez foi Bolsonaro, mas por conta de outras trapalhadas suas orelhas já haviam sido puxadas por Dilma e pelo comandante Villas-Boas.

Ninguém mandou dizer que crianças criadas em famílias só com mães e avós, sem pai e avós (curioso o plural de avô, né? Obrigado, Arnaldo Antunes), são fábricas de desajustados. Como se sentem os filhos criados por viúvas de militares mortos em serviço?

Papelão. Nessa idade, general de quatro estrelas, levando passa-moleque de ex-capitão.

Olho para ele e me lembro do uísque Passport: verde, quadrado, cheio de medalhas e só dá dor de cabeça.

Paulo Guedes, o posto Ipiranga do Bolsonaro, também foi enquadrado. Com a notícia de que estuda criar um imposto novo, ao modelo da CPMF, foi rebatido subliminarmente pelo candidato, que nas redes sociais disse ser contra a criação de novos tributos.

Bonitinho esse jogar para a torcida, que de fato não aguenta mais uma carga tributária tão complicada e desmedida. Mas vale lembrar que a conta do hospital será salgada, e quem vai pagar é a Câmara Federal, isto é, nós, contribuintes.

Com a repercussão, Guedes explicou que na verdade caminha para o imposto único idealizado pelo Marcos Cintra.

Aí entra outro problema para a campanha. A adesão do Cintra soma às falanges bolsonaristas outro problema de recursos públicos mal utilizados, junto com a fantasminha Val do Açaí e o auxílio moradia para comer gente.

Cintra, quando foi secretario na prefeitura Kassab, quis permutar uma praça localizada em área nobre da capital paulista com uma construtora onde trabalhava sua filha. Simultânea e curiosamente, construiu um palacete no condomínio de luxo da mesma construtora. Até hoje a história é mal-explicada. 

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments