Facebook YouTube Contato

ABC

Me lembro do Pelé cantando aquele jingle da alfabetização, abecê, abecê. Nos fazia acreditar que com educação o país seguiria em frente. Ou melhor, sairia do buraco. Hoje receio que não, nem assim.

O jingle afirmava: quem bom vai ser, o nosso Brasil, quando todo mundo souber ler e escrever. Pois é. Parece lógico. Mas grande coisa. No meu círculo pessoal, todo mundo sabe ler e escrever. Sempre soube. Sequer se lembram como era antes de saber. E a fase de alfabetização da criançada é só uma fase. Por tão dado, o aprendizado é tido como natural, algo que vai acontecer dum ou doutro jeito, como a dentição.

Então todo mundo sabe ler e escrever. Mas não lê nem escreve merda nenhuma. Ficam feito uns patetas olhando uma tela qualquer. E antigamente sabiam escrever valores em cheques. Mais recentemente, e-mails. Hoje, nem isso. Basta ler as mensagens que ainda vêm por escrito no whatsapp para verificar que grande coisa é a alfabetização funcional. Grande merda.

Sabem ler, escrever, mas não sabem pensar e muito menos explicar por escrito o que teriam pensado, se capazes fossem. São uma cambada. Sociedade, não são. Nunca serão.

Por outro lado nasci com sorte e conheci gente que assinava em cruz ou com o dedão, mas sabia de tudo. Sabiam principalmente perguntar. E eram generosíssimos para explicar o que sabiam e absolutamente claros para dizer o que pensavam.

Obviamente é melhor não precisar escolher entre ter saúde ou dinheiro. Mas no extremo é preciso dizer: saber ler e escrever sem saber pensar, perguntar e explicar é muito parecido com ser rico e doente.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>