Facebook YouTube Contato

Amanhã tem sol

Nunca fui de seguir o sol. Não tem motivo especial. Talvez a noção de que ele estaria lá, mais cedo ou mais tarde, meio que me deixava sem pressa. Se não tem hoje, amanhã terá. E segue o baile.

Meu gosto pela lua pode confirmar a hipótese. Como varia muito, ou pelo menos tem ciclos mais longos, quanto ela pinta no céu, e também quando some, o bom é aproveitar de uma vez.

O sol, porém, faz das suas. Peguei cem dias de chuva ininterrupta uma vez em Juquehy. Mais de cem. É de enlouquecer. Desanda tudo. Mofa a casa, as roupas não secam, a turma vai se deprimindo. Os pássaros se recolhem e sequer gato vadio se vê.

Até que um dia, sem mais, lá vem ele. Quando desponta, sente-se uma leve esfriada antes de começar a esquentar. Então os bodes vão se evaporando,  o mato surge lindo, lavado, brilhando entre a névoa que se esvai.

E há uma trégua geral. As garças, aos bandos, se deixam nos gramados mais quentes por horas, convivendo em paz com os cães e gatos que se espreguiçam. Perto deles, urubus fazem o desjejum limpando o acumulado que surge na maré baixa do rio. As gaivotas celebram na beira na praia em evoluções contentíssimas. E os passarinhos coloridos parecem crianças ao soar da sirene do recreio.

Os velhos vão saindo com calma. Espiam a luz com cuidado parecido com o de quem entra numa sala escura. Um pé, outro pé, esticam as pernas, espalham os dedos para absorver o calor pelas raízes.

E também os jovens não saem em louca disparada. O humor vai se ajustando, como nas músicas que demoram a começar e a ansiedade própria da idade recusa.

Perto do meio-dia, portas e janelas abertas, juntas todas estaladas, bate uma sede generalizada e o sorriso do dono do boteco – ou da padaria – se espraia. A gente vai chegando, se reconhecendo, desce uma, duas, desce mais. A prosa recomeça de onde havia parado e, de repente, antes do sol se pôr, a lembrança dos cem dias guardados vai morar num passado distante. O que fica é a certeza de quem amanhã tem sol de novo.

Fique em casa. E, se puder, não espere para aproveitar um pouco de sol.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments