Facebook YouTube Contato

Varal de números

881 vidas perdidas para o coronavírus em 24 horas no Brasil. Não faz tempo, Bolsonaro afirmou que seriam no máximo 800 – durante toda a pandemia. Quantas mais ele desejará estimular?

3 generais ministros depuseram ontem no inquérito BolsoMoro. Em Brasília insistem que o trio tem reputação a zelar, portanto não estariam dispostos a troca-las pela de um capitão pra lá de enrolado. Luiz Eduardo Ramos, ministro-chefe da Secretaria de Governo, assim parece.

Já Braga Netto, que em 2018 foi interventor federal no Rio de Janeiro, atualmente ministro-chefe da Casa Civil, não viu, apesar do acesso a todos os dados de Segurança do estado, as súcias milicianas da família Bolsonaro, tampouco que o vizinho e ex-cossogro do presidente eleito e suspeito do assassinato de Marielle e Anderson tinha 117 fuzis.

Augusto Heleno, do GSI, que já mandou um “foda-se o Congresso” e considerou “azar” a apreensão de 39 quilos de cocaína num avião servindo à Presidência, era assessor de comunicação no COB sob Carlos Arthur Nuzman, delatado por Sérgio Cabral na corrupção das Olimpíadas. Ganhava muito acima do teto e se disse ignorante ao impedimento.

10 é o total de recursos pedidos por Flavio Bolsonaro, o 01, para paralizar a investigação sobre as machadinhas do Queiroz, Michelle e cia. 10 é o total de negativas.

2 ministros da Justiça e 1 ponte: segundo a CNN Brasil, na reunião para avaliar o impacto da apuração sobre o conteúdo do vídeo da reunião ministerial que pode vir a público a pedido da defesa do ex-ministro Moro, o ministro André Mendonça comparou o caso ao Watergate, escândalo que levou Richard Nixon à renúncia nos EUA. Marreco tem garganta profunda.

Os gatos com cartões corporativos da Presidência nos três primeiros meses de 2020 foram os maiores desde 2013. Total de R$ 6.214.967,31 segundo apuração do Estadão. Se tudo isso for leite condensado e pãozinho, mais que o passado, está confirmado o presente de atleta de Jair Bolsonaro.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>