Facebook YouTube Contato

Tucanaram o lockdown

Bruno Covas e João Doria sabem que a gente precisa de lockdown. Mas falta coragem para decretar. E a solução não podia ser mais PSDB: tucanaram o lockdown. Só falta o Zé Simão cravar.
Inventaram a antecipação de alguns feriados para um batidão de seis dias. A ideia é baseada no domingo, quando o isolamento social chega a 56%, míseros 56%, mas é o que se consegue com conversa.
Espero que ajude, cada vida salva contenta, mas duvido que funcione. O domingo em casa é antes cultural do que pontual. Porém domingo só é domingo quando espaçado por outros seis dias. Seis domingos seguidos são férias.
Dos serviços autorizados a funcionar, chamados essenciais, quais ficarão fechados? Restaurantes funcionam normalmente em feriados e não vão parar as remessas por viagem por ser feriado. Talvez a demanda aumente – afinal, feriado é dia de festa e permite um e outro gosto.
Em domingos e feriados a oferta de transporte coletivo diminui. Mas quem tem que sair de coletivo na quarentena vai continuar saindo durante o super feriado, só que mais apertado.
E o problema central é do exemplo dos andares de cima. O que tem de cretino por aí usando a dificuldade de isolamento nas favelas e o desespero das pessoas pelo pão de cada dia para furar quarentena e tomar vinho na casa dos amigos é uma barbaridade.
Os costumes dos andares superiores são de uma escrotidão atroz. A cultura é de uma cretinice sem tamanho. Com a maioria em home office, como se fizesse diferença de onde se trabalha, usaram o Primeiro de Maio para esparramar corona no litoral e interior em caravanas fúnebres. Na metade do mês, as taxas de contaminação na capital era de 700%, e 3.300% no litoral e interior. Gente assassina.
Combinam festinha presencial para ver live show na internet! E a desculpa é: ah, com tanto pobre, quarentena é impossível. Pois é. 50% não têm saneamento básico, então parem de lavar as mãos e vão cagar no mato.
O feriadão tucano só não será mais do mesmo se houver bloqueio nas estradas. Passam os essenciais, abastecimento, socorro etc. Os demais não só não passam como são multados.
Mas sequer para tanto há peito no governador. O prefeito de São Sebastião, vendo a população apavorada, disse à CNN que tenta falar com o governador para combinar como fazer o bloqueio e não é atendido.
Previsível. A imagem de Doria derreteu nessa classe media deslumbrada. E ele sabe que, entre gente que não se importa em matar, não será reconhecido pelas vidas que conseguir proteger.
É de amargar. Hoje superamos as mil mortes diárias no Brasil. 1.170 mortes nas últimas 24h. E mesmo assim há desinformação, nagacionismo, desdém com a pandemia e com a vida alheia.
Dá vontade de desistir. Vamos todos para a vala comum de uma vez. Antecipem o carnaval e faremos uma super quarta-feira de cinzas.
 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>