Facebook YouTube Contato
Home Articles posted by Léo Coutinho
formats

Notas soltas sobre ontem

Celso Daniel foi sequestrado, torturado e assassinado no estado de São Paulo. Diversas pessoas relacionadas ao caso, de garçom a legista, também foram mortas. É improvável que se mate tanta gente por aqui sem anuência do PCC. Assim como não se encomenda morte no Rio de Janeiro sem que milicianos sejam, pelo menos, informados. Ontem

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Nossos bonecos de neve em Davos

Bolsonaro foi a Davos, mas podia ter mandado um telegrama. Primeiro por conta da própria saúde. É inconveniente para alguém equipado com bolsa de colostomia fazer uma viagem transcontinental. Depois pelo não-discurso que fez. Apesar da bolsa de colostomia, homenageio o frio e digo que foi um espirro diplomático. O mais gentil membro do convescote

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Animais na cidade deveriam ser celebrados

Crônica publicada no projeto Esquina Encontros Sobre Cidades do Estadão Dada a proximidade com o coração, o Parque da Luz poderia ser considerado o pulmão da cidade de São Paulo. Equipamento histórico, começou como jardim ainda no império, e duzentos anos depois mantém outra vocação original: preservar a fauna que havia cá nos Campos de

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Vassoura de bruxa no governo Bolsonaro

Com o que havia sido publicado até a noite de sexta-feira 18/1, Flávio Bolsonaro não era investigado nem tinha necessariamente culpa no cartório. Escrevi a respeito no texto anterior. Inclusive a entrevista exibida naquela noite pela TV Record, gravada durante a tarde, era baseada na investigação sobre os queirozes, e até aquele momento implicavam, além

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Flávio chamou o Hugo e botou fogo no circo do pai

Operado no Einstein pelo melhor médico que existe, um tal doutor Vladmir que, de tão bom, nem sobrenome usa, Fabrício Queiroz mostrou que, na hora do aperto, não economiza. Morador de uma casa sem reboco em Taquara, no Rio, bairro pobre que faz divisa com Cidade de Deus, o amigo do presidente Jair Bolsonaro gastou

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

“Nova política” enferrujada

Órgãos públicos de todas as esferas administrativas não podem mais exigir reconhecimento de firma. Nem autenticação de cópia de documento. Ou pedir apresentação de certidão de nascimento e muito menos título de eleitor. Agora o servidor deve comparar a assinatura do cidadão com o documento de identidade. Mais: cada repartição poderá criar um grupo de

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Previdência desarmada

Supondo que a Bic planaltina tivesse ontem deslizado sobre a proposta de reforma da Previdência, e não sobre alterações normativas para posse de arma de fogo, pode-se imaginar que efeito sobre o chamado mercado seria igual ao verificado com as ações da Taurus Armas. Até anteontem chamada Forjas Taurus, a companhia mudou de nome na

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Três notas sobre armas

1) O presidente Jair Bolsonaro já perdeu uma arma pessoal para o crime num assalto; 2) O enteado de Fabrício Queiroz suicidou-se com a arma do padrasto em casa; 3) As armas fabricadas no Brasil são de péssima qualidade. Há relatos de policiais feridos em serviço por disparos acidentais. Num paralelo entre o governo atual

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Pátria armada, Brasil

Rufo de tambores pelo decreto armamentista de Bolsonaro. Mas o que deve sair da assinatura é um traque, ainda que aos ouvidos de quem rejeita a flexibilização soe como estrondo e, aos que esperam viver em Dallas, possa parecer chabu. O que há de mais perigoso no decreto é o brasileiro. O comentário do general

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

A Previdência e a Festa do Pijama

O governo atual aproveitou diversos militares da Reserva em sua composição. A Festa do Pijama só não é o novo Trem da Alegria porque este segue firme, como sempre, promovendo filho de vice-presidente e nomeando amigos políticos do titular e dos príncipes consortes. Por princípio, nada contra. O presidente Bolsonaro é militar, escolheu seus “pais

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments