Facebook YouTube Contato
Home Articles posted by Léo Coutinho
formats

Se não tem pontes, Moisés abre as águas

Advogado, mestre em Direito e coronel PM da reserva do Corpo de Bombeiros, Carlos Moisés, governador de Santa Catarina eleito pelo PSL com 71% dos votos, merece ser seguido em todos os sentidos. Em agosto falou à repórter Paula Sperb da Folha de S. Paulo e desde então presto atenção, por motivos óbvios: já na

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

João do sofá, João do Coco e a Democracia

O PSDB nasceu “longe das benesses do poder e perto do pulsar das ruas”. É um fato, tão claro e evidente como o caminho inverso que trilhou nos trinta anos desde então. Quer dizer, apegou-se às benesses do poder e se afastou das ruas. É a genética do MDB, que tem mais ou menos a

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Pra não dizer que não falei das flores ou obrigado, Greta Thunberg

O paulistano, antes de tudo, tosse. Escrevo aos que, como eu, creem no fenômeno dos chamados rios voadores, isto é, aquela imensidão de água que evapora na Amazônia e se esparrama a leste dos Andes, permitindo que, ao contrário das demais localidades na mesma latitude, não sejamos um deserto como do Atacama, na América Latina,

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Freio de arrumação

É algo que me parecia estranho, como que um sinal trocado, e que me acompanha há alguns anos: as formas de paquera em ambientes tidos como mais progressistas e outros mais conservadores. Por exemplo, naquela passeata a favor de Aécio Neves entre o Largo da Batata e o shopping Iguatemi, em 2014, que acabou chamada

 
Tags:
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Boçais, idiotas, estúpidos

Boçais, idiotas, estúpidos, medievais, moralistas de botequim. Pesado, né? Mas foram os adjetivos usados para classificar o governador do estado de São Paulo e o prefeito da cidade do Rio de Janeiro. Quem usou tais adjetivos? Ratinho? Datena? Olavo de Carvalho? Ângela Ro Ro? Não. Foi o doutor Drauzio Varella, que costuma ser um lorde.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Negão, o Zé do Pé dos cachorros

Eu bebia numa calçada quando ele chegou e sentou ao meu lado. Não quis papo nem pediu nada. Talvez quisesse companhia. Ou nem isso. Depois, por conta de um amigo comum, descobri seu nome e endereço. Chama-se Negão e morava numa casa na quadra de baixo da mesma rua que a minha. Cão vira-lata, Negão

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Um cenário ruim e outro pior

A repórter Malu Delgado, do Valor, traçou na segunda-feira 9/9 um panorama do bololô que começa na chamada centro-direita e vai até o reacionarismo de Bolsonaro. Está aqui. Cito a reportagem em descarado auto-elogio, porque lá pelas tantas ela anota que “é consensual entre especialistas em marketing político-eleitoral que Bolsonaro tem um apoio genuíno que

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

O prefeito de joelhos

O prefeito de joelhos, o povo de olhos vermelhos, e o cartel com um bilhão. Parodio a Opera do Malandro para homenagear a malandragem do cartel de empresas de ônibus de São Paulo. Grande feito. Nos condenaram a mais quinze anos sob seus maus-tratos. Já no meio da tarde da quinta-feira 5 de setembro os

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Tarcísio merece ser estudado

O ministro Tarcísio Gomes de Freitas desempenha bom papel na Esplanada. A anos-luz do segundo colocado, que provavelmente é segunda colocada, ele avança e entrega bom serviço sem alarde e sem ceder à verborragia tóxica dos que lançam perdigotos diários para ficar bem com o capitão. Quadro técnico que serviu aos governo Dilma Rousseff e

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Travessia rumo à Academia

Crônica publicada na #31 edição da revista Amarello – Travessia, que está nas bancas Cada vez mais aceleradas, as transformações tecnológicas interferem diretamente na sociedade, que no mundo inteiro sofre para acompanhar o ritmo. Há quem goste e quem desgoste, mas ninguém poderá se livrar completamente dos seus efeitos. Popular nos Estados Unidos, a equação

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments