Blog do Léo Coutinho - Léo Coutinho Archive
Facebook YouTube Contato
Home Articles posted by Léo Coutinho (Page 102)
formats

Sobre os pés

Tinha atração por pés, tanto de homem quanto de mulher. Era uma tara, um fetiche: os masculinos julgava que não deveriam aparecer nunca, e os femininos, sempre. Na praia ou na piscina era capaz de relevar, mas na cidade ou no campo um desconhecido que passando pelo outro lado da calçada em sandálias era o

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
1 Comment  comments 
formats

Jura, Gilberto?

No advogado do Marcos Valério, doutor Marcelo Leonardo, podem caber vários adjetivos, mas creio que de bobo não lhe cabe a pecha, assim como não serve para nenhum dos criminalistas que atuaram na defesa da quadrilha mensaleira. É simples: com tanto advogado por aí, presume-se os que trabalharam no caso devem estar entre os melhores.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
2 Comments  comments 
formats

Pegar ou largar

Passeando pelo parque vi a cena rapaz segurando a face da moça com só uma das mãos. Pareceu um impulso irresistível. Sentada em um banco ela fazia charme enquanto ele fazia barra. Entre uma e outra série ele também fazia charme e se exibia feito um pombo orgulhoso. De repente ele avança, segura o rosto

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
1 Comment  comments 
formats

Opinião pública e opinião publicada

“Há uma opinião pública e uma opinião publicada”, sustentou  o advogado brilhante Luiz Fernando Pacheco na defesa de José Genoíno, réu no processo de mensalão. Que orgulho do meu amigo Pachecão. Porque apesar de dura e triste, esta é a realidade: a opinião pública absolveu os mensaleiros quando reelegeu o Lula presidente da República e

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Cinema bipolar

Clint Eastwood é bipolar. Deliciosamente bipolar. Não sei sobre sua saúde, mas ele é democrata no cinema e republicano na política. E vice-versa. Na política fez campanha a favor do Nixon, do Reagan e foi duas vezes contra o Obama. Pelo partido Republicano disputou eleição para prefeito de Carmel, na Califórnia, e uma vez eleito

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Preços e valores

Estou disposto a me inscrever em qualquer programa de congelamento humano. E não faço questão da sobrevida prometida. Com esse calor africano que está fazendo em São Paulo vale a pena arriscar o embarque sem garantia de regresso. Mergulho no nitrogênio e fico lá, feliz e fresquinho eternamente. E por falar em eternidade dois que

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Permissão para a solidariedade

O Enrique Peñalosa passou por aqui e eu perdi. Infelizmente. Se foi em junho deve ter sido por conta do meu aniversário, sabe-se lá. Paciência. Ele veio para o Fronteiras do Pensamento para falar da experiência transformadora de governar Bogotá, antes dele considerada uma das capitais mais violentas da América Latina. É, mais uma vez,

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Cinco notas soltas

Os tais Cinquenta Tons de Cinza são um fenômeno, todo mundo já sabe. Outro dia ouvi dizer que uma senhora refinada que oscula os noventa anos de idade comprou e leu de chofre a trilogia erótica. O curioso é que antes da terceira página a mulherada deixa escapar que o que faz mesmo pensar é

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
1 Comment  comments 
formats

Caldos e pipocas

No final de semana que passou entrei no videoclube e estava passando A Rosa Púrpura do Cairo, Woody Allen dos anos 1980, que é mais ou menos como um Di Cavalcanti dos Anos Dourados. A trilha sonora e a doçura da Mia Farrow já seriam suficientes para querer rever a fita, mas talvez a coincidência

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Roteiro gastronômico

Talvez seja mais fácil identificar o trecho da Alameda Franca onde eu trabalho dizendo que é a quadra do Ritz do que explicando que fica entre a Padre João Manuel e a Augusta. Simples assim, produto de um trabalho consistente que há trinta anos mantém o padrão de qualidade. Bar bom e equipado como poucos,

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
2 Comments  comments