Facebook YouTube Contato
Home Archive for category "Passeio público"
formats

Saúde do cão

Era irresistível para os candidatos que concorreram nas eleições recentes terem pelo menos uma mensagem associada aos animais, principalmente os domésticos. Creio que ninguém escapou do post com o cachorrinho nas redes sociais. O desafio era criar uma proposta que parasse de pé e não só sobre quatro patas. Sim, é possível ser pragmático e

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Explosão na Lorena

Ontem no caminho de casa passei por uma mãe que botava a filha para dormir num passeio de carrinho pela calçada. A menina já era grande para o carrinho, mas aparentemente era o jeito, até porque a menina dormitava e a mãe parecia confiante em alguns momentos seus na noite de sábado. Quem sabe um

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Nota sobre entrevista de segunda-dama

Se no Brasil não estamos acostumados a ouvir voz de primeira-dama, da segunda-dama ou vice-primeira-dama não me lembro de jamais ter ouvido. Ruth Cardoso era intelectual com vida própria e discreta. Dona Mariza não falava. Dilma era solteira. Marcela Temer apareceu e, depois do Joesley, sumiu. Assim como Michele Bolsonaro, que falou em libras na

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Notícias do Ibirapuera: grata surpresa e um receio

Escrevo para dar um abraço num casal de ciclistas que frequenta o Parque do Ibirapuera. Ontem à noite nos encontramos ao atravessar a praça Armando de Salles Oliveira, onde há um hiato entre a ciclovia da Manoel da Nóbrega e a do próprio parque. No través do monumento às Bandeiras notei a luz dos faróis

 
Tags:
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Orégano no Minhocão

Crônica publicada no projeto Esquina Encontros Sobre Cidades do Estadão Bruno Covas usa uma imagem divertida para dizer como as ciclovias municipais entraram em São Paulo: espalhadas como orégano em pizza. No caso, trata-se de uma crítica-chiste para provocar Fernando Haddad. Mas pode muito bem ser recebida como elogio: basta gostar da combinação orégano, queijo,

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Chico e gin

“E a gente vai levando de teimoso, de pirraça / E a gente vai tomando, que também, sem a cachaça / Ninguém segura esse rojão.” Nada obstante os maltratados fígados contemporâneos, aqui e alhures, tecnicamente é impossível não reconhecer em Chico um clássico, que igual a todo clássico, tem vapores de profeta. Aos 42 anos,

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Bolsonaro acertou no milhar ou palmas para o trio PPP: PaGue, Pedro e Paulo

É de se comemorar a notícia que vem da Caixa. Ontem, o presidente do banco, Pedro Guimarães, anunciou ao jornal Valor Econômico que venderá alguns ativos não essenciais, entre eles as Loterias. Minha alegria mora aqui. Não faço ideia se é bom ou não para o banco ou para o país administrar loterias. Sei que

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Sambuca e laranjais entre a Sicília e Rio das Pedras

“República significa coisa pública e não cosa nostra” André Franco Montoro Johnny Ola chega à casa de barcos de Michael Corleone para uma visita. De presente, uma laranja de Miami. Já sentados para a prosa, Mike pergunta o que Johnny vai beber. “Anisette”, responde. Anisete é o licor de anis que a Europa mediterrânea adora.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Animais na cidade deveriam ser celebrados

Crônica publicada no projeto Esquina Encontros Sobre Cidades do Estadão Dada a proximidade com o coração, o Parque da Luz poderia ser considerado o pulmão da cidade de São Paulo. Equipamento histórico, começou como jardim ainda no império, e duzentos anos depois mantém outra vocação original: preservar a fauna que havia cá nos Campos de

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Correr sob a tempestade

O vento já tinha soprado: chuva. E eu, exausto às 15h00 daquela terça-feira, sigo sem saber se não entendi o recado ou se aceitei o convite. No meu itinerário, de obrigatório, só passar no café Munik para acertar uma pendura. Aproveitei para tomar outro curto. Então deixei para trás a Zé Maria Lisboa e desci

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments