Facebook YouTube Contato
Home Archive for category "Passeio público"
formats

Bill Gates colocou duzentos milhões de dólares na privada

Crônica publicada no projeto Esquina Encontros Sobre Cidades do Estadão Bill Gates botou mais de duzentos milhões de dólares na privada e foi a Pequim mostrar o resultado. Tendo em mãos um frasco contendo fezes humanas, abriu sua conferência na exposição Vaso Sanitário Reinventado. Proporcional a um vidro de maionese, o frasco continha cocô só

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Ministério da Família

Vão dizer que eu sou implicante com o Bolso. Paciência. Ocorre que, até quando eu gostaria de elogiar, o presidente eleito acaba me decepcionando. Ainda ontem especulava-se sobre quem estaria à frente do ministério da Família. Fiquei de olho na equipe de transição para quiçá conseguir um furo sobre as diretrizes da nova pasta. Acionei

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Doria e Kassab estreiam no Novo Foro de SP

Acelerando uma fita pelo botão fast foward, poderemos ver Gilberto Kassab na rampa do Planalto despedindo-se de Dilma Rousseff com a mão esquerda e, com a direita, cumprimentando Michel Temer. Desde então e até dezembro, Kassab segue ministro. E já na primeira manhã de 2019 terá outro posto de relevância: secretario-Chefe da Casa Civil do

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Conservador ou progressista? O legado da gestão de Olavo Setúbal

Crônica publicada no projeto Esquina Encontros Sobre Cidades do Estadão Numa enquete entre amigos, o paulistano que perguntar qual foi o prefeito que criou as ruas de lazer, os calçadões do Centro, a secretaria da Cultura, promoveu bicicletas e passeios a pé, museus de rua, futebol nas praças, abriu os primeiros corredores de ônibus e

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

A praga do amarelinho no laranjal mineiro

Na eleição de 1998 para o governo de São Paulo a “praga do amarelinho”, que dizimava laranjais, foi tema central. Vinte anos passados, chegou a Minas Gerais, metaforicamente falando. Focado em plantar bancadas legislativas, o partido Novo, conhecido pela cor laranja,  registrou candidaturas a cargos do Executivo por estratégia ou mera formalidade. Nota-se que funcionou.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Prosa no parque

Arranjei um casaco amarelo ‘cheguei’ para correr. Não esquenta, mas barra vento e água. Hoje, com a abençoada frente fria, vesti e fui ao parque. Encontro um amigo criminalista, que ironiza a cor. Tento me explicar: – Talvez evite atropelamento. E ele: – Culposo, sem dúvida.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

O senhor da razão

Churchill dizia que a idade torna as pessoas conservadoras. Esta notícia do @Meio confirma: “Uma boa notícia para os fãs de whisky. E de Metallica. A banda está lançando sua própria bebida, o Blackened.” Com tanta startup de maconha para investir, é simbólico que os velhinhos tenham optado pelo douradinho amigo e fiel.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Saúde antes do hospital

Em qualquer pesquisa sobre a expectativa popular ante os governos que vierem a ser eleitos, dá Saúde na cabeça, além da margem de erro, no plano nacional ou em qualquer estado aferido. O problema disso é que, em que pese nossa carência médica, seja clínica e ou hospitalar, o clamor não deve ser entendido assim

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Ruim da cabeça e doente do pé

Artrite, artrose, gota, joanete, esporão do calcâneo, unha encravada, reumatismo. O que não falta é impedimento particular para um passeiote pelo bairro e resolver o que for possível sem precisar do carro. Supermercado, farmácia, padaria, chaveiro, banco, botequim, eventualmente papelaria, floricultura, costureira e, diariamente, o cagote do cachorrinho. Fico sinceramente comovido com os tantos velhinhos

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Bela Vista, SP

Sessão flor de laranjeira hoje cedo. Cartório da Bela Vista cheio de noivos. Elas todas de vestido, no capricho, madrinhas inclusive. Já os noivos… um de camiseta e, entre os padrinhos, maioria em bermudas e um de roupa de ginástica, para não perder a viagem. No bar em frente, grupos de meninas tomavam as penúltimas

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments