Facebook YouTube Contato
Home Archive for category "O pio do araçari"
formats

45 dias imprevisíveis – um olhar sobre a largada eleitoral

Inaugurada oficialmente no domingo 27 de setembro, a corrida pelas prefeituras deve ser turbulenta como todo o mais nos últimos tempos. Aqui trataremos de São Paulo, capital. São 45 dias imprevisíveis. Celso Russomano colocou o bloco na rua. Antes receoso em função das duas últimas rodadas, quando começou isolado na frente e não chegou sequer

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Olhar sobre as redes sociais dos principais candidatos à prefeitura de SP

Análise feita para uso interno em 01/09/2020 Olhar sobre as redes sociais dos principais candidatos à prefeitura de SP   Panorama geral: . Dentro da pandemia, obviamente o peso das redes será ainda mais decisivo do que nas eleições anteriores; . Corrida polarizada e nacionalizada, tanto ou mais do que 2016; . Engajamento se dá

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

O dilema social ou o Renascimento 5.0

Filme mais comentado do momento, O dilema das redes, documentário em cartaz no Netflix, reúne depoimentos de diversos ex-executivos das grandes empresas que trabalham as chamadas redes sociais. No original, em inglês, o título é melhor: The Social Dilemma, ou O Dilema Social, porque é antes da sociedade do que da tecnologia das redes que

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Vaidade e silêncio

Em 2012 fui ao iFHC ver uma mesa sobre as novas classes médias na Índia e na África do Sul. Ouvindo o Pratap Bhanu Metha, intelectual indiano e então presidente do Centro de Estudos Políticos de Nova Deli, tive um estalo: mil milionários valem mais do que um bilionário. Mas foi só em 2013, quando

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

A ralé saiu do armário

Todo santo dia, todo dia santo, chega um vídeo de um representante da ralé ensandecida. Pode ser vigia de supermercado, segurança de metrô, passageiro de ônibus, policial que pisa em pescoço, engenheiro que virou uber, desembargador, dançarina do Faustão, presidente da República. Aqui e alhures. A praga é mundial. Antes que me acusem de elitismo,

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Marco do saneamento: se der certo, deu errado

Não é o saneamento que tem que chegar a todos, mas o inverso: todos é que tem que chegar ao saneamento. Temos infraestrutura concentrada nas cidades, que seguem espraiadas por fatores diversos como pressão do mercado e não aplicação do uso social dos imóveis, demofobia. Há cem milhões de brasileiros sem esgoto, dos quais 35

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

No Brasil, tudo invertido

Meu palpite é que o Brasil se olhou no espelho e, diante do reflexo invertido, gostou e resolveu manter. Nada mais requer lógica ou sentido. Viramos o valhacouto do vale-tudo. Se não, como é possível tanto zumbi aparecendo? Onde estavam essas pessoas? Entre nós, é claro. Mas disfarçavam. Viviam caladas cuidando das lojinhas e gozando

 
Tags:
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Horizonte

A gente que andava por aí sem olhar por onde sempre me irritou. A popularização do telefone esperto agravou nossa relação. Mas não é o único fator. Para além dele, me irritam todos os ignorantes aos demais. Incluo aflitinhos, turma da firma que vai e vem do almoço perfilada ao chefe impedindo o passeio e,

 
Tags:
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Fico por aqui. Em casa

Desde ontem, ou antes, pensando no que fazer ante o novo protocolo paulista e paulistano, que permite a abertura dos bares, decidi que não vou. Mas não vou sob protesto. Devoto da Democracia, sinto um pesar profundo em notar que não posso confiar no prefeito nem no governador. Tenho história pessoal com Bruno e João,

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Amanhã tem bar; que fazer?

5 de Julho de 2020 Amanhã abrem os bares de São Paulo. Doente de saudades, não sei como proceder. Mas estou tranquilo na ignorância, posto que ninguém sabe, muito menos os governantes. A abertura do Leblon foi emblemática. Custei a acreditar no que via. Mas não é exclusividade deles. Em Duque de Caxias foi igual

 
Tags:
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments