Facebook YouTube Contato
Home Archive for category "Balaio geral"
formats

Animais na cidade deveriam ser celebrados

Crônica publicada no projeto Esquina Encontros Sobre Cidades do Estadão Dada a proximidade com o coração, o Parque da Luz poderia ser considerado o pulmão da cidade de São Paulo. Equipamento histórico, começou como jardim ainda no império, e duzentos anos depois mantém outra vocação original: preservar a fauna que havia cá nos Campos de

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Correr sob a tempestade

O vento já tinha soprado: chuva. E eu, exausto às 15h00 daquela terça-feira, sigo sem saber se não entendi o recado ou se aceitei o convite. No meu itinerário, de obrigatório, só passar no café Munik para acertar uma pendura. Aproveitei para tomar outro curto. Então deixei para trás a Zé Maria Lisboa e desci

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Steve Jobs e Zé Cabaré

No saudoso bar São Pedro São Paulo conheci o José Egreja. Baita figura. Usineiro e fazendeiro de cana, família de mecenas das artes, formado em arquitetura, compositor refinado e boêmio dedicado – característica que lhe rendeu o apelido de Zé Cabaré. Foi deputado constituinte, exerceu outros mandatos e, de perfil e relações aristocráticas, teve atuação

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Aviso

Em consideração à freguesia, esta página pretende descansar um pouco. Prometo trégua até pelo menos a semana do dia 14/01. Mas não garanto. 

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Police, police, polícia

A cena sempre volta à minha lembrança. Após o massacre no Charlie Hebdo, os terroristas voltam às ruas de Paris e matam um guarda desarmado. Em seguida, fugindo por uma viela, encontram uma viatura policial. Saltam do carro e disparam contra os policiais, que estavam armados. Ato contínuo, a viatura foge em marcha à ré.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Plano B para livrarias e cidades

Crônica publicada no projeto Esquina Encontros Sobre Cidades do Estadão A loja dobrando a Esquina (The Shop arround the Corner) é uma fita de 1940, com Budapeste por cenário e baseada numa peça de teatro de três anos antes. Conta a história de um casal que namora por correspondência sem imaginar que são colegas de

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Ilusão

Crônica publicada na revista Amarello #30 Ilusão Montanha ao longe, água corrente, fogo crepitante. Alguém disse que são as três imagens capazes de inebriar o espírito humano. Na fogueira deste começo de século, a humanidade parece completamente inebriada pela fogueira onde arde a civilização ocidental, onde o quinto museu mais importante do mundo foi reduzido

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

O que a reserva não aprendeu com a Globo

Quando Luciano Huck era pré-candidato a Presidência, sobrava pelas redes gente concluindo que a candidatura seria do interesse da TV Globo. Raciocínio tosco. Ora, a TV Globo sempre teve o bônus do poder, próprio de todo grande veículo de comunicação, em qualquer parte do mundo, a qualquer tempo na história. Por quê desejaria assumir o

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

A milícia do WhatsApp – como Cidadão Kane virou gremlin

A máfia mais conhecida do mundo nasceu no sul da itália, na época medieval, como um movimento de revolta de agricultores contra os esquemas criminosos dos poderosos senhores feudais. Tiveram êxito. Muita gente aderiu como pôde. Doações em dinheiro, armas, apoio moral, grupos de WhatsApp. Não, calma. Isso é mais recente. Voltando à origem da

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Michelouco ataca

Michelouco é o apelido do Temer do Twitter. Está muito divertido. Parece aquele tiozão que, com a idade, mete o louco e fala tudo que acha no almoço de domingo. O ataque mais recente foi contra João Doria. Bem-humorado, Michelouco lembrou de todos os elogios que seu governo recebeu do amigo. Encerrou com fina ironia:

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments