Facebook YouTube Contato
Home Archive for category "Balaio geral"
formats

Miudinho

Ouço muito na voz do príncipe Paulinho, mas talvez seja do craque Martinho, ou ainda, qual a Teresa da Praia, não é de ninguém o partido alto Miudinho – ô devagar miudinho, devagarinho… É o que tem embalado minha quarentena. Vou, finalmente, aprendendo a fazer as coisas com calma. Tirado o rancão inaugural, quando suava

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Amanhã tem sol

Nunca fui de seguir o sol. Não tem motivo especial. Talvez a noção de que ele estaria lá, mais cedo ou mais tarde, meio que me deixava sem pressa. Se não tem hoje, amanhã terá. E segue o baile. Meu gosto pela lua pode confirmar a hipótese. Como varia muito, ou pelo menos tem ciclos

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Memória de Bragança

Outro dia escrevi lembrando da infância em Juquehy e citava o tio Edgard de Queiroz Ferreira. Baita figura. Desde pequeno sou fã dele. Uma das brincadeiras em casa, dia de chuva, era brincar de tio Edgard. Tudo muito simples. Para imitá-lo só precisava de um bigode de rolha queimada, sunga, camiseta branca e havaianas. Então

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Não quero mais nada

Minha infância teve muito de Juquehy. Era um acesso difícil, só quem gostava muito de praia vazia topava. Para um fim de semana a gente enfrentava uma ou duas balsas, estudava a tábua das marés pela ausência de estrada, levava de SP grande parte do que se comia. A proteína de lá e era uma

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

O vírus do presente e o presente do vírus

Por favor, releve o jogo de palavras. Não resisti. O vírus do presente, causador da Covid-19, é a novidade em si. E o presente que ele traz é esparramar luz sobre as trevas do nosso passado histórico. Mascarados, nos vemos obrigados ao espelho, espelho de camarim, com todas lâmpadas e lentes de aumento, escancarando o

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

A 40tena e o sexo

É impossível, nesta primavera eu sei, é impossível pois longe estarei, mas pensando em nosso amor, amor sincero. Ai, se eu tivesse autonomia, se eu pudesse gritaria: não vou! Não quero! Escravizaram assim um pobre coração, é necessária a nova abolição, pra trazer de volta a minha liberdade. Se eu pudesse brigaria, amor; seu pudesse

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Só o carnaval salva

Amigo querido envia mensagem algo contrariado com a minha folia no carnaval. Disse que em particular não é possível na minha idade alguém gostar tanto, e que no geral é um absurdo a brincadeira se estender por tantos dias, como vem acontecendo há alguns anos em São Paulo e no Rio e sempre aconteceu em

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Burrice artificial

Encontro o Cláudio Moura Castro na Veja com uma preocupação que também é minha: revolução tecnológica. Espantado, o colunista se pergunta: se os romanos, salvo engano pais dos aquedutos, já tinham torneiras em casa, como podem os chuveirinhos higiênicos pingarem invariavelmente? É algo que me aflige para além do banheiro. Por preguiça – que é

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Harry e a incerteza

Lá se vão uns quinze anos. Morando na praia, mais submetido à natureza e com muito tempo livre, fui passear nas nuvens e voltei com um palpite: a vida boa é um misto de êxito e fracasso, como o ciclo entre a primavera e o outono, fases da lua, marés, as garças e gatos que

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

AVISO

Freguesia caríssima, Esta página ficará em repouso durante este restinho de ano, que foi demasiadamente puxado. Agradeço a preferência e desejo o melhor que os anos vinte possam trazer para a humanidade. Até.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments