Facebook YouTube Contato
Home Posts tagged "COAF"
formats

Derretimento ou derrota de Pirro para Sérgio Moro?

  Pelo que tenho lido, só eu acho que “perder” o COAF para a Fazenda foi uma derrota de pirro para Sérgio Moro. Quatro pontos básicos: 1) sacia parte da sede de vingança de alguns congressistas que o odeiam; 2) posa de vítima e retoma a solidariedade da sociedade, que vai percebendo que ele combateu

 
Tags: ,
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
No Comments  comments 
formats

Justiça nega pedido de Flávio Bolsonaro para interromper a investigação sobre Queiroz

A Justiça negou o pedido de Flávio Bolsonaro para interromper a investigação sobre Queiroz. O repórter Fábio Grellet conta em detalhes no blog do Fausto Macedo. Antecipo aqui algumas pérolas. O senador, membro da BolsoFamília mais enrolado com as súcias milicianas, acusou o MP de vazamento ilegal de informações sigilosas para a imprensa, e o

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Ironias históricas

Quando presidente, Lula avançou com diversas medidas de combate à corrupção que, ironicamente, vieram a permitir investigação, julgamento e prisão de quadros históricos do Partido dos Trabalhadores e seus comparsas, incluindo ele próprio. Portal da Transparência, Reforma do Judiciário com a criação do CNMP e CNJ (“é preciso abrir a caixa-preta, dizia Lula), adesão à

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Vassoura de bruxa no governo Bolsonaro

Com o que havia sido publicado até a noite de sexta-feira 18/1, Flávio Bolsonaro não era investigado nem tinha necessariamente culpa no cartório. Escrevi a respeito no texto anterior. Inclusive a entrevista exibida naquela noite pela TV Record, gravada durante a tarde, era baseada na investigação sobre os queirozes, e até aquele momento implicavam, além

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Michelle e Jair ao mar

Queiroz é a herança maldita que Bolsonaro deixou para o primeiro filho. Quando Flávio nasceu, Fabrício já era amigo de Jair. Puxadinho eleitoral do pai, o varão teve que guardar o esqueleto em seu gabinete na mal-assombrada Alerj. Flávio não é o único puxadinho. Seus irmãos Carlos e Eduardo também são; assim como Rogéria, mãe

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Fala aí, Flávio! Fala antes que você faça ré uma senhora inocente, a dona Michelle!

Pela segunda vez, Fabrício Queiroz deu o cano no MP-RJ. De funcionário fantasma, foi promovido a entidade. Gente séria já teme pela sua integridade física e outros, menos sérios, já duvidam de sua existência. O primeiro-filho e senador eleito pelo errejota Flávio Bolsonaro tuitou que “pela enésima vez” não pode ser responsabilizado por “atos de

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Lula faz fumaça

Consta que Lula não fuma pelo menos desde o câncer. Tampouco faz coelho no fogão à lenha do sítio Los Fubangos em São Bernardo do Campo. Porém, mesmo preso em Curitiba há meses, segue fumegando mais que pau molhado na fogueira que ajudou a montar no Brasil. A liminar do ministro Marco Aurélio Mello (mMAM)

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Bolsonaro em dia casmurro. Previsão de ressaca

Convalescendo de uma facada nas tripas, ponto de encontro de tantas emoções, e capitão do governo de transição, palco de tantas outras pra lá de acaloradas – sob qualquer ponto de vista –, o presidente eleito não precisava ter mais um bode dentro do próprio lar, e que sequer está na sala, mas no quarto

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

É muito dinheiro vivo para continuar se fingindo de morto

Tive um restaurante que demorou para aceitar pagamento com cartão de crédito. A freguesia pedia, mas sendo no litoral norte do estado de São Paulo, a relação com qualquer fornecedor, de serviço ou produto, era complicada e demorada. Me atender provavelmente não era bom negócio. Ou pelo menos não era algo imperdível ante o volume.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments