Facebook YouTube Contato
Home Posts tagged "Eduardo Cunha" (Page 2)
formats

Não está fácil

É natural que estejamos todos nos perguntando como seria um governo Michel Temer. Tratamos a vida pública igual à privada. Digo, na gôndola do supermercado, diante da promoção “compre um e leve dois”, tendemos a acreditar numa tremenda vantagem. Por uma ou outra razão não percebemos que se trata de um pacote. Em eleição é

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Tá explicado

Fiquei intrigado com o anúncio do namoro entre o governo Dilma e Renan Calheiros. Para mim era uma conta que não fechava. Vá lá que nas investigações e delações da Lava Jato Renan e seus operadores passam ao largo e, mesmo que houvesse batom na cueca, está claro que o governo não tem braço para

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Dilma e Cunha no deserto

No deserto do Saara a umidade do ar fica entre dez e quinze por cento. Quer dizer, existe água, mas é como se não existisse. A popularidade da presidenta Dilma está em sete por cento. Ou seja, ela atingiu e então dobrou a meta do deserto. Se os quinze por cento de umidade no deserto

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Ainda me surpreendo

O por do sol acontece todo dia e mantém a capacidade de surpreender. O Homem pode ser novo, velho, cliente assíduo do Arpoador e ainda assim vai se surpreender com o espetáculo diário do crepúsculo. E a recíproca deve ser verdadeira. O sol poente acontece o tempo todo ao redor do mundo e deve olhar

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Emenda Dona Onça pela redução de caldos

Ontem fui almoçar no Bar da Dona Onça com dois amigos do PSDB. A ideia era festejar a própria Dona Onça, nossa querida Janaína Rueda, pelo trabalho que ela faz voluntariamente na Fundação Casa, ensinando uma profissão aos menores internos. Alguém já disse que cozinhar é um ato de amor. Nesse caso da Jana é

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Repetir mais uma vez

Aquele meme dos bonequinhos perguntando “o que queremos?” seguidos de uma resposta absurda poderia ser o retrato oficial da reforma eleitoral em curso na Câmara dos Deputados. As pessoas foram às ruas cobrar representatividade, participação, uma postura nova da classe política e os deputados federais responderam com o desdém tradicional. Para não dizer que se

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Pracinha dos três poderes

A Praça dos Três Poderes se transformou na pracinha onde a molecada joga bola sem definir as regras e os objetivos. Não sequer a pelada tradicional, onde se pretende fazer gols, mas um jogo de bobinho: sente-se vitorioso aquele que chuta a bola, se possível fazendo algumas evoluções para delírio da torcida. O resultado é

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Cunha, Dilma e Raul no 1º de Maio

A festa do primeiro de maio de 2015 ficou marcada como o dia da vergonha, o dia em que a presidenta da República reeleita pelo Partido dos Trabalhadores, no dia do trabalho se escondeu da grande maioria dos brasileiros, com medo de que seu pronunciamento em rede nacional de televisão, mais tradicional que o especial

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

O trio calafrio brincando na praça

Quanto maior o inseto, mais divertido fica. Uma mariposinha é o ideal. O moleque pega, dá um sacode de leve e coloca na teia que a aranha fez na bromélia. Tem que ter cuidado para não matar. Bicho morto não tem graça. Os bichos gostam de comer uns aos outros vivos. É cruel, eu sei,

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

A natimorta bolsa-esposa

A ideia da Câmara Federal pagar bilhetes aéreos para cônjuges de suas excelências caiu. Não caísse, mais cedo ou mais tarde caía um avião. Apelidada de “bolsa-esposa”, a proposta vai contra os princípios da corte. Quem conhece Brasília pode imaginar o inconveniente que seria para o funcionamento normal do Distrito Federal a presença semanal das

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments