Facebook YouTube Contato
Home Posts tagged "O Amarello"
formats

Ninguém pode ser estrangeiro sozinho

Crônica publicada na #30 edição da revista Amarello, que está nas bancas Ninguém pode ser estrangeiro sozinho. Mesmo com esforço, alguém disposto a viajar dez mil milhas, escalar oito quilômetros ou mergulhar trinta mil pés, só será estrangeiro se encontrar um semelhante no destino. Na ausência do próximo, podemos ser exploradores, desbravadores, pioneiros, aventureiros. Nunca

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Molho especial – a evolução da legislação pela equidade dos gêneros no Brasil

A regra deste jogo é adivinhar quais regras existem e então coloca-las em ordem cronológica, segundo a legislação brasileira. Por exemplo: proibição do casamento infantil, casamento sem exigência de virgindade, casamento com a pessoa escolhida, proibição do parto com algemas, extinção da pena por estupro caso a vítima se case com o estuprador, pensão alimentícia.

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

O pior mudo é o que não quer falar

Não há virtude no silêncio. Os que pregam o calar no lugar de falar é porque se envergonham do que teriam ou não a dizer. Quem teme a palavra teme a verdade. Quem teme o debate teme a presença e a luz. O silêncio é o vácuo, é a treva, atraente e perfeito como valhacouto

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments 
formats

Luana S/A

Esse pôster que está nas bancas já deve ter causado acidente. A Luana Piovani cobrindo a peteca só com uma das mãos quer enlouquecer qualquer cristão. E o olhar de ressaca? Capitu é uma lagoa. Dela posso falar tranquilo. Primeiro porque a minha Neguinha garante que não sente ciúme. E justifica, com requintes de crueldade:

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
Comentários desativados  comments